...com alma, com gentes, com sabores, com sensações, com saudades...

segunda-feira, novembro 20, 2006

Prémio Nacional Prof. Dr. José Pinto Peixoto - Ensino Secundário 2005/2006

A estudante Ana Catarina Pinho Gomes, que concluiu o ensino secundário na Escola Secundária de Coelho e Castro, de Fiães, Santa Maria da Feira, venceu o Prémio Nacional - Ensino Secundário 2005/2006, atribuído pela Associação Casa de Cultura Professor Doutor José Pinto Peixoto.
A vencedora é natural de Lourosa, Santa Maria da Feira, e residente na mesma localidade, e foi a candidata que apresentou as médias finais mais elevadas das classificações do ensino secundário (20 valores) e para acesso ao acesso ao ensino superior (200), tendo ainda o júri considerado na sua decisão a melhor qualidade do texto exigido sobre a terra, a vida e a obra do Professor Doutor José Pinto Peixoto.
Curiosamente, é a segunda vez que uma aluna da Escola Secundária de Fiães vence este prémio pois, quando pela primeira vez foi atribuído em 2002, foi também ganho por uma aluna dessa escola.
O Júri reuniu no passado dia 2 de Novembro, na Miuzela, e foi presidido pelo Professor Doutor João Pinheiro da Providência e Costa, da Universidade da Beira Interior.
Foram apreciadas quinze candidaturas, oito com a média final de 20 valores, seis com 19 e uma com 18, tendo onze concorrentes concluído o 12 º ano em estabelecimentos de ensino públicos e quatro em privados.
É o quinto ano consecutivo que o prémio é atribuído e, curiosamente, foi sempre ganho por concorrente do sexo feminino.
O prémio, no montante de mil euros (€ 1.000,00), vai ser entregue em sessão a realizar no próximo dia 8 de Dezembro, na Miuzela, incluída no programa que pretende assinalar o 10 º aniversário do falecimento do Professor Doutor José Pinto Peixoto.

O Presidente da Associação
Augusto José Monteiro Valente

2 Comentários:

Anonymous Mnauel Norberto Baptista Forte disse...

Parabéns à jovem premiada, a seus familiares, amigos e professores. Que seja bem sucedida na Vida, e não se deslumbre.
Que fique, no seu coração, com a ALMA dos Almeidenses.

10:00 da tarde

 
Anonymous Daniel disse...

Pena é que esta aluna, pelos vistos a melhor do país no que toca ao ensino secundário, tenhu tecido fortes criticas ao estabelecimento de ensino que frequentou. O que mostra que as escolas publicas estao ainda mal, por exemplo, de recursos (ela frizou a falta de uma boa biblioteca). O que mostra que os bons alunos portugueses conseguem bons resultados por merito próprio e nao por apoios do nosso magnífico sistema de educação.

5:39 da tarde

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial