...com alma, com gentes, com sabores, com sensações, com saudades...

quarta-feira, junho 07, 2006

Caminhos

Finalmente cá escrevo qq coisa hein!

Prometo ser rapidinho e é apneas parta dar uma sugestão para quem o queira:
  • sabem aqueles mapas q costumam colocar no principio das aldeias, zonas historicas, etc etc? onde se indicam os caminhos, ruas etc? tão a ver? tipo os mapas que dizem "voce está aqui"?
  • Ora bem então pq não fazer uns qts, espalhar pela miuzela, e atenção não apenas miuzela povoação mas também pelos caminhos em volta para que pessoas (como eu) possam passear pelo meio dos antigos pinhais, vinhas [agora provavelmente mato] indicando referencias...

Por exº caminho até ao Côa pelos .. hum... 3 barrocos.. e outros como este..

Vejam disso... são ideias.. :D

7 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Como as pessoas de idade ja sabem onde ficam todas as coisas, talvez nao seja preciso, parece-me q é isso q interessa, pq quem vem de fora nao tem nada q saber o q temos cá. Nem é importante q a Miuzela apareça no mapa...bem axo q agora fui um pouco ironico...mas nao interessa!
"Julio" César...sabes q ter ideias é ser idiota? e nesta capital ha muita gente que o nao quer ser! Fica um abraço de um idiota...pelos vistos para outro :P

9:28 da manhã

 
Anonymous Anónimo disse...

Essa designação dos sítios a que o César faz referência indicar-nos-ia que em tempos, não muito longínquos, foram locais onde se praticava a cultura de determinados produtos agrícolas, tais como: o cultivo da vinha, do centeio, da batata, do milho, do feijão etc, etc.... e também dos que se dedicavam à pastorícia. Esses trabalhos, permitiam a ocupação da maior parte das pessoas da Miuzela que pelo seu dinamismo exerciam uma interacção entre todos os que a essas actividades se dedicavam. Muito embora não sejam referência para os mais novos, poder-se-ia, no entanto, identificar pelos seus nomes próprios as zonas que pela sua natureza foram em tempos propícias ao cultivo de certos produtos da nossa região.

11:02 da manhã

 
Blogger Celina disse...

Acho que a ideia é estupenda.
Querem ajuda para alguma coisa?

3:09 da tarde

 
Blogger Celina disse...

Não que eu tenha muita disponibilidade, nem saiba o que se possa fazer de concreto sem que "quem de direito" se mexa... Pode ser que daqui se parta para alguma coisa...

3:11 da tarde

 
Blogger César disse...

lol :P sabia sim q é ser (q sou) idiota! e sabes q eu sei mt coisa. Tb a estas pessoas se chamam "sabões" lol

Qt aos sitios era mais identificar coisas com a "carchana" (?) pontinha, etc etc e quem sabe fazer referencia ao q aí existia/cultivava. Ainda sei q existem moinhos por lá espalhados referencia tb a eles, às poldras, àos monumentos funebres, cruzeiros td o q se fossem lembrando.. Tornava mais facil p quem é ou n é da terra passear (a pé, bike, carro..) e tb numa iniciativa deste genero "abrir" caminhos pois tenta-se passar por muitos que são só silvas.. ajuda devido a incendios tb..

9:13 da manhã

 
Anonymous samuel disse...

para q conste tentei ser ironico em todo o meu post (o primeiro)...pq eu valorizo isso talx cm ninguem, essas pequenas coisas q podem nem ter muito valor para algumas pessoas, para mim teriam. Mas enfim nao sou eu q mando apenas posso pensar...

11:42 da manhã

 
Blogger César disse...

LOL meu grande amigo Dr Engº Samuel! esteja descansado que eu percebi toda a ironia :D (alias msm anonymous - grande nome q arranjou hein? - pensei que devia ser o caro colega !

[[]]

3:41 da tarde

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial